Bem-vindo :)

Em 2017 a NoOne realizou a primeira grande pesquisa qualitativa sobre o mercado de User Experience no Brasil. Nas páginas abaixo você encontrará os principais highlights desta pesquisa e no botão acima o relatório completo.

Leia, use e compartilhe : )

Não tenha medo de envolver usuários reais.

Abrace a pesquisa e a co-criação com usuários reais. Ao fazer isso, fica mais fácil aliar os desejos de usuários reais aos objetivos do negócio, gerando uma experiência com profundidade de significado para ambas as partes.

Projetos são mais efêmeros do que produtos e serviços.

Atue de forma contínua na experiência que você gera. Projetos de melhoria de experiência tendem apenas a arrumar a casa para as visitas, quando muitas vezes uma reforma é necessária. É preciso encarar a experiência do usuário como uma atividade contínua e iterativa.

Encare pontos de contato de forma transversal.

Mantenha o foco nos principais features e momentos da jornada do usuário, ao invés de focar em pontos de contato. Isso faz com que a experiência seja mais fluída, cada vez que um usuário entra em contato com sua marca, independente do canal em que isto acontece.

Unifique a gestão da experiência.

Dependendo da sua estrutura, isto pode significar uma área ou um cargo que fique acima de todo o desenho de experiência. Ou então uma gestão transversal e descentralizada. O que importa é que todos que projetam experiências estejam alinhados, garantindo a integração e a coerência do que é entregue aos usuários, independente de onde isso acontece.

Não desista de criar formas de medir resultados.

Conhecer os resultados das atividades relativas à User Experience não apenas será sempre uma das mais fortes estratégias de evangelização dentro de uma organização, como é a grande forma de medir a real efetividade do seu trabalho e garantir a evolução das suas entregas.

Entenda e utilize o Espectro de UX para qualificar as relações de contratação.

É importante haver clareza em relação à atuação possível e esperada de um UX Designer, tanto por parte de quem contrata, quanto de quem é ou quer ser contratado. Guie-se pelo Espectro de UX para aumentar seus índices de acerto, entendendo qual perfil de profissional você é ou espera contratar.

Aproxime-se do Design (lato sensu)

UX é uma disciplina do design e, por definição, carrega muitos dos seus valores. As organizações só terão um bom nível de maturidade em UX, quando conseguirem encarar o design de forma estratégica e abrangente.